Meta 1

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Desorientada!

Eu sinceramente não sei o que fazer, eu tenho força de vontade e também penso de forma racional mas não consigo controlar meus impulsos, e uso a comida para abrandar meus 'problemas' emocionais.

Às vezes, sinto-me fraca e acredito que todo o problema seja comigo, e agora que estou longe da terapeuta me sinto 'pior' não tenho a quem recorrer, isso está me deixando confusa. Eu comecei a mexer em muita coisa durante as sessões e não terminei, e como já havia descoberto antes não posso fazer isso sozinha.

É tão 'simples' seguir a dieta, pelo menos por alguns dias... Mas eu me irrito, porque começo pela manhã e alguns dias desisto de tarde, é ridiculo mas não é porque eu quero e goste disso, mas simplesmente algumas coisas ainda são mais fortes do que eu. Não é a comida que me controla, são meus sentimentos.

Não sei lidar com a frustação, a rejeição e outras coisas normais na vida... Também não sei porque o fato de emagrecer me 'incomoda', eu tenho medo, sei lá. É tudo confuso na minha cabeça e realmente estou um tanto sem rumo, não significa que eu vá desistir porque eu não vou mas estou sentindo que realmente o caminho será arduo e talvez longo (mais do que esperava).

Como já disse algumas vezes (mas os posts se perderam nas minhas mudanças), este é meu espaço e faço dele o que quiser. Sinto necessidade de desabafar e acho que é bom para o processo ser verdadeira comigo, descobrir como e quando perco o controle - não só sobre a comida, mas também das minhas atitudes.

O cardápio não está dos melhores, mas vou melhorar ... Decidi ir aos poucos. Por exemplo, meu organismo não aceitou bem a troca do café da manhã e do jantar pelo shake então resolvi que vou mudar alguns hábitos antes (como beber água que é tão importante e largar a coca-cola) trocar o jantar alguns dias, ir assim de forma gradativa, nada radical comigo funciona - talvez com ninguém eu acho.

Continuo na minha luta. Conto com a ajuda de vocês.
Desculpe o momento crise.
Um beijo.

18 comentários:

Cris disse...

Olha, dieta radical também não funciona comigo, só de pensar já me dá uma tristeza de não poder comer as coisas. Também optei por ir me organizando aos poucos, dedicando uma semana ou até mais para controlar um impulso, mudar um hábito, enfim...e tá dando certo, tô indo devagar mas tô indo (que é o que importa). Mesmo porque emagrecer tudo num mes não é o melhor, engordamos o dobro no outro. Força aí guria! Beijo.

Janaina disse...

Oi amiga estou aqui pra te dizer que realmente não é facil e lendo seu post me identifiquei muito com vc...estou tentando emagrecer mas as vezes me desispero por não ver resultado ou por querer tudo pra ontem...continue assim devagar aos poucos vamos conseguir Bjokinhas e bom restinho de semana

Fernanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Oi, eu estou acompanhando o seu blog e tenho que dizer que me indentifico muito com o que você sente!! O problema nunca é a comida de fato, ela sempre parece um tipo de fuga apenas, um instrumento de fuga. E o que você falou sobre um certo receio de emagrecer, eu também acho que tenho, inconscientemente. É muito estranho mas super possível! No meu caso acho que tem a ver com o fato de eu ser caçula e às vezes um pouco subestimada pela família.
Sei lá! Bom, já estou escrevendo demais!
Mas se aceitar um conselho, comece devagar, mude pequenas coisas na tua rotina, às vezes comer o de sempre mas um pouco menos faz muita diferença. É o que eu estou tentando fazer pelo menos!
Eu acho que radicalismos na dieta causam "traumas" que dificultam o recomeço caso a gente enfie o pé na jaca. E o negócio é recomeçar todo dia!
Meu nome é Fernanda e eu sou uma comidaaholic!rsrs
Bom, força e té mais!
Fer

Danielle Balata disse...

Mah..

Esse sentimento é muito comum em pessoas como nós que praticamente tivemos que mudar o nosso organismo da água para o vinho. Mas somos fortes, e vamos levar adiante sim.. por que é desse comportamente saudavel que nossa vida precisa.

Beijos

Fernanda disse...

É por isso que eu amei essa história de blogs, a gente vê que não está sozinho!
Eu estou começando aos poucos mesmo, se notar o meu cardápio do dia se vê que não é um exemplo de produtos saudáveis, mas em comparação à minha rotina de antes faz a diferença!
E é exatamente como tu disse, até pra se ganhar peso é um processo...
E não sei se tu notou mas o tempo anda passando tão rápido, já estamos em fevereiro de 2009!!!
Vamos usar isso a nosso favor! Se não esse, o próximo verão já vai estar aí e nós todas estaremos em mini-biquinis!!rsrs
Bjão!
Fer

***Nara*** disse...

Amiga, partiu partiu partiu, hoje já comecei os pontos e vim aqui te buscar pra ir comigo nega, pois somos irmãs e estamos sempre juntas. DEvagar ou rápido o importante é tomarmos um rumo e decidirmos por mais qualidade de vida(para nós duas) te amo mto estarei sempre aqui. Beijos

Silmara Sanro disse...

Olá, Mahzinha! Passei para saber se você está melhor!

Acredito que seja difícil alguém que passe por aqui e não se identifique com as suas palavras.
Eu passei tantos anos da minha vida achando que eu só não emagrecia porque não tinha garra (pois as pessoas ao meu redor pensam assim) que comecei o processo achando que seria fácil se eu estivesse realmente comprometida, doce engano!

Desejo muito que você consiga prosseguir mesmo em meio as dificuldades, você bem sabe o quanto se faz necessário esse caminhar.

Faça mesmos os ajustes necessários, não se restrinja muito, mas também não afrouxe demais ,rs, para que o processo seja menos penoso.

Boa semana para vc!

bjocas

Caixinha Slim da Ci disse...

OOooieee.. como vc ta??? espero que esteja melhorzinha, no que vc precisar, estarei aqui, ok???

ixe, eu tb sempre tenho essas crises, é fogo mesmo, mas eu sei tb que a gente tem capacidade sempre de superar, se cairmos, sei que podemos levantar.=)

Uma otima semana, amiga.. bjuu

AndressA disse...

ADOREIIII O SEU PROJETO DO REVEILON rsss
eu tb quero amiga...
vamos juntas?
beijos

✰тєcα✰ disse...

Hum, minha mãe é assim quando está estressada sente uma vontade de comer tudo e eu já sou ao contrário não consigo comer nada...vai entender né Mah?Beijinho e tenha um excelente final de semana!

Fernanda M disse...

Que foto linda do seu perfil, Mah tb ando em crise tinha até sumido da net, mas resolvi voltar, também não sei lidar com meus sentimentos, mas voltei pra este espaço, pois acho que mais ajuda que atrapalha,vê se volta logo tb!!!

Rê Determinada disse...

Fique bem, comigo tambem tem acontecido assim, que dieta está seguindo... Já tentei tantas e a unica que consegui seguir foi a dos pontos... Força!

Barbarella® disse...

KD VC MULHER DE DEUS?

Carine disse...

ISSO MESMO, DESABAFE SEMPRE QUE PRECISAR, AQUI ESSE CANTINHU É TODO TEU.
DEIXEI UMA BRINKDERA NO MEU BLOG PRA VC, VAI LÁ DA UMA OLHADINHA, EU ACHEI DIVERTIDA!!
BJKAS FOFAS, C CUIDA E FIKA BEM, E NA BENÇÃO

Tita disse...

Oi, Mahzinha!
Estava passeando pela Blogosfera Light, vi o link do seu blog e resolvi passar para conhecê-lo.
Essa questão da compulsão é realmente complicada. Sempre há um por quê por trás disso e, até descobrirmos o verdadeiro motivo de não conseguirmos nos controlar e conseguir tratar este motivo, é realmente muito difícil. A terapia ajuda muito nesse sentido. Semana passada, durante a minha sessão, acho que descobri o meu principal motivo para compulsão. Desde então estou me sentindo muito mais calma, paciente e controlada.
Beijocas e uma ótima semana!
Tita
http://titarodrigues.zip.net

**Má** disse...

Nada de radicalismos... em nenhum aspecto... Alcama teu coração e seja bem racional... veja o que ja conseguiu, o que mais quer e o que pode fazer por isso... Tenha calma e serenidade... E nada de desistir... Vc vai chegar onde quer... Bjinhos

A vencedora disse...

Mah!! Não desista!! Voltaaaaaaa
bjos